TRE/GO participa do suporte técnico à TPS 2021

Servidores de quatro Estados integraram equipe de apoio aos investigadores

Colaboração regional no TPS - 30.11.2021

 

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE/GO) integrou a equipe de apoio que deu suporte técnico à sexta edição do Teste Público de Segurança (TPS) do Sistema Eletrônico de Votação, realizado entre 22 e 27 de novembro.

A colaboração e troca de conhecimento guiaram o trabalho realizado pelos servidores da Justiça Eleitoral. Técnicos de quatro Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) estiveram no ambiente preparado para os investigadores na sede do TSE, em Brasília, e deram total suporte técnico àqueles que tentavam descobrir vulnerabilidades na urna eletrônica.

Cleyton Eufrásio, chefe da Seção de Suporte ao Voto Informatizado, que possui 25 anos de atuação na Justiça Eleitoral, representou o TRE/GO e afirmou que “o espírito colaborativo foi contagiante”. “Tanto colaboradores quanto investigadores são parceiros que buscam encontrar algo que vai melhorar o sistema eletrônico de votação”, enfatizou.

Além do representante de Goiás, servidores que atuam na área de tecnologia dos TREs do Pará, da Paraíba e do Tocantins contribuíram para o bom andamento dos planos de ataque que vão ajudar a aprimorar os equipamentos e os sistemas que serão usados nas Eleições Gerais de 2022. Os planos foram executados por 26 investigadores.

Intercâmbio e diálogo

A gerente de projetos da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do TSE, Daniela Zaranza, destacou que a função dos colegas foi importante para facilitar o diálogo entre os participantes e a coordenação do TPS. “O apoio dos colaboradores de outras regiões consistia em acompanhar a execução dos planos de testes, apoiar o investigador na requisição de instalação de softwares, entradas de materiais e elaboração de um diário da execução dos planos para apoiar a equipe técnica e para compor o relatório do evento”, declarou.

Os representantes dos TREs fizeram parte da equipe formada também por alunos e professores da Universidade de São Paulo (USP) que atuam na área de Tecnologia da Informação e ficaram à disposição dos investigadores.

 

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral

 

Últimas notícias postadas

Recentes