TRE/GO conclui migração de processos físicos de 2ª instância para o PJe

Ação foi prevista no plano de gestão da atual presidência

PJe

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás concluiu no último dia 28 de fevereiro a migração de todos os processos físicos que tramitam na segunda instância. A ação é parte de um projeto que integra o plano de gestão 2020/2022, apresentado pelo Presidente do TRE-GO, Desembargador Leandro Crispim, e pelo Vice e Corregedor, Desembargador Luiz Eduardo de Sousa, e aprovado pela Corte no início de 2020. A medida converteu 100% dos processos judiciais para o meio eletrônico, realidade que facilita o acesso aos autos pelas partes e advogados em tempos de pandemia, onde se busca diminuir a circulação de pessoas.

A determinação plenária que aprovou a Resolução TRE-GO nº 323/2020, em 29/06/2020, estabelecendo como diretriz que a digitalização e migração dos processos físicos no Tribunal fosse iniciada em 1º/07/20 e concluída em 28/02/21, foi cumprida integralmente.  O trabalho em equipe dispensado pela Secretaria Judiciária, Gabinetes dos Juízes Membros e Procuradoria Regional Eleitoral, permitiu que fossem migrados ao todo cerca de 200 processos físicos, dentro do cronograma definido.

A migração do acervo processual físico em tramitação no 2º grau para meio eletrônico (PJe) é uma ação que ganhou especial atenção e importância considerando o momento que vivenciamos, uma vez que aprimora a prestação jurisdicional ofertada pela Justiça Eleitoral goiana.


Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Últimas notícias postadas

Recentes