Presidente do TRE/GO decide instalar Comitê de Crise para tratar dos assuntos relacionados à pandemia

Presidente do TRE/GO recebe representantes do Sinjufego para tratar sobre a Covid-19

TRE-GO Reuniao com Sinjufego
Da esq. p/ dir. Wilson Gamboge, Leonardo Sapiência, Loiri Shwingel, Presidente TRE/GO Des. Leandro Crispim, João Batista, Tênisson de Sousa, Leopoldo Donizete

Na tarde desta terça-feira (30), o Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, Desembargador Leandro Crispim, recebeu representantes do Sinjufego (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal no Estado de Goiás) para tratar sobre a Covid-19.

Durante a reunião foram apresentados os questionamentos sobre o posicionamento da Alta Administração quanto à situação da pandemia, segurança dos servidores, contaminação e medidas preventivas.

O Presidente assumiu o compromisso de manter a quantidade mínima de servidores trabalhando presencialmente e recomendou que a Portaria Conjunta nº 01/2020 e as Portarias TRE/GO nº 76/2020 e 102/2020 sejam observadas, uma vez que estes atos normativos preveem que apenas em casos excepcionais o servidor deve comparecer fisicamente ao local de trabalho. Ressaltou que as pessoas que se encaixam no grupo de risco devem permanecer em trabalho remoto.

Foi comunicado que será instalado um comitê de crise para tratar dos assuntos relacionados à pandemia, com servidores da área técnica especializada, participação de juiz de primeiro grau, de representantes da associação dos servidores, bem como do Sinjufego. Ficará a cargo do presidente do Comitê Gestor de Atenção Integral à Saúde do TRE/GO, juiz-membro Vicente Lopes, a presidência do comitê de crise.

O Desembargador Leandro Crispim ainda se comprometeu a contratar empresa especializada em sanitização para higienizar os ambientes do Tribunal e das Centrais de Atendimento ao Eleitor; medidas extras, que serão realizadas para contenção da pandemia e evitar a proliferação da doença.

Para finalizar, e em consonância com Decreto nº 9685/2020 do Governo de Goiás, bem como o Decreto nº 1242/20 da Prefeitura de Goiânia, expedido em 30 de junho, que estabelecem medidas mais restritivas relativas à pandemia ocasionada pela Covid-19, o Presidente do TRE/GO solicita que o máximo de servidores estejam em trabalho remoto nessa primeira quinzena de julho.

Estiveram presentes na reunião, além do Presidente do TRE/GO, Desembargador Leandro Crispim, o Diretor-Geral, Wilson Gamboge, o Secretário de Gestão de Pessoas, Leonardo Sapiência, a Coordenadora de Pessoal, Loirí Schwingel, os representantes do Sinjufego, o presidente, João Batista Moraes Vieira, o diretor de comunicação social e redação, Leopoldo Donizete de Lima e o conselheiro fiscal, Tênisson de Sousa Cavalcante.

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Últimas notícias postadas

Recentes