Boatos eleitorais, fuja dessa armadilha

Com a proximidade do ano eleitoral os boatos voltam a aparecer, confira os tópicos e não caia em armadilhas

É importante ter certeza da veracidade de uma informação antes de compartilhá-la nas redes sociais

 

    Você eleitor, com certeza, já ouviu falar de algum boato eleitoral. Eles vão ressurgindo à medida que se aproxima a eleição. Reunimos aqui 5 grandes duvidas para você se atualizar e não cair em mitos eleitorais

 

1 - Votos em branco vão para o candidato que está ganhando?

Definitivamente, não! Anteriormente, o voto em branco ia para o candidato que estava ganhando a eleição, mas a lei se atualizou e hoje isso não acontece mais!

 

2 - Votar Nulo anula uma eleição?

Não. Os votos nulos não são contados como votos válidos em uma eleição, portanto são computados como não válidos. Se em uma determinada eleição, com 200 eleitores, 170 anularem seus votos e apenas 30 votarem regularmente, a lei entende que esses 30 votos são os únicos válidos para determinar o candidato vencedor.

 

3 - Quem não votou na última eleição, pode votar na próxima?

Sim. É possível votar na eleição seguinte, caso você não tenha votado na última. O eleitor só não consegue votar após 3 turnos seguidos sem o comparecimento e sem justificativa. Neste caso o título é cancelado, mas fique atento e mantenha suas pendências com a Justiça Eleitoral em dias, é rápido e fácil, basta procurar o posto de atendimento do seu município.

 

4 - Voto em branco é igual ao voto nulo?

Verdade! Ambos os votos não são considerados votos válidos, por isso em uma eleição, apenas contribuem para as estatísticas da intenção de votos. Na hora de definir os resultados da eleição, eles são tratados como não válidos, dessa forma não são capazes de alterar o resultado final.

 

5 - É possível alterar os votos inseridos na urna eletrônica?

Não, a urna eletrônica possui alta segurança. Ela traz agilidade e integridade para as eleições há mais de 20 anos. Possui mais de 30 camadas de segurança, não está ligada à internet e garante o sigilo das escolhas do eleitor.

 

    Esses são alguns dos mitos que circulam, é importante ficar sempre atento e nunca cair em boatos como esses, mas se houver dúvida, a dica é: Pesquise! Mas apenas em fontes confiáveis, notícias verdadeiras, geralmente são amplamente noticiadas.

 

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Últimas notícias postadas

Recentes