A participação das mulheres no Judiciário é tema de webnário do TRE/GO

Evento está disponível no canal do YouTube

Imagem ilustrativa com a foto do evento

O Tribunal Regional Eleitoral promoveu nesta sexta-feira, 7, pelo canal do YouTube, o webnário “Participação Feminina no Poder Judiciário: Avanços e Desafios”, em que a Dra. Renata Gil, presidente da Associação de Magistrados Brasileiros, Dra. Patrícia Carrijo, presidente da Associação de Magistrados do Estado de Goiás e Dra. Ana Paula Félix de Souza Carmo Gualberto, presidente da Comissão de Direito de Família e Sucessões da OAB-GO dialogaram e refletiram sobre a equidade de gênero no âmbito do sistema de justiça. O evento foi mediado pela servidora do TRE/GO Bianca Crocamo, que também compartilhou suas experiências.

As participantes agradeceram ao Desembargador Leandro Crispim, presidente do TRE/GO, pela oportunidade de debater sobre tema de tão grande relevância.

A Dra. Renata Gil, presidente da Associação de Magistrados Brasileiros, mencionou as conquistas das mulheres desbravadoras na ocupação dos espaço de poder na huistória, sendo ela mesma a primeira mulher a concorrer à presidência da AMB em 70 anos da instituição. Ressaltou ainda a “necessidade de uma política pública nacional e eficiente que contribua para a diminuição dos números da violência contra a mulher.” Destacou a campanha precursora lançada pela AMB em parceria com o Conselho Nacional de Justiça, intitulada “Sinal Vermelho”, que auxilia mulheres a se protegerem contra a violência doméstica, principalmente em tempos de isolamento social motivado pela pandemia.

A presidente da ASMEGO, Dra. Patrícia Carrijo, notadamente a primeira mulher a presidir a Associação em meio século de existência, citou a dificuldade cultural que causou uma evolução muito pequena da ascensão das mulheres a postos essenciais. Manifestou nunca ter se considerado parte de uma minoria e declarou que “a mulher tem que ocupar seus espaços e não aceitar se deixar anular”, refletindo sempre a respeito de como quer ser lembrada e sobre qual a história pretende deixar.

A Dra. Ana Paula Félix de Souza Carmo Gualberto, presidente da Comissão de Direito de Família e Sucessões da OAB-GO, defendeu a luta das mulheres como importante fator de superação, vez que os mesmos fatos que se apresentaram como desafios se transformaram em avanços e se fortalecem cada dia mais. “Felizmente, em Goiás, somos bem representadas por mulheres aguerridas, muito fortes na advocacia goiana”, afirmou.

O webnário foi uma iniciativa da Secretaria de Gestão de Pessoas do TRE/GO através da Seção de Desenvolvimento Organizacional e vem ao encontro da  Resolução CNJ n. 255, de 04 de setembro de 2018, que institui a Política Nacional de Incentivo à Participação Institucional Feminina no Poder Judiciário, estabelece que todos os ramos e unidades daquele poder deverão adotar medidas tendentes a assegurar a igualdade de gênero no ambiente institucional.

Assista à integra do evento aqui.

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Últimas notícias postadas

Recentes