Justiça Eleitoral de Goiás apresenta alta produtividade em trabalho remoto

Regime de trabalho remoto desde 18 de março em razão da COVID-19

Estatística do eleitorado

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, que segue em regime de trabalho remoto desde o dia 18 de março em razão da COVID-19, alcançou o marco de 5º lugar geral entre todos os 27 Regionais Eleitorais no quesito atos processuais cumpridos, totalizando a quantidade de 39.856 atos, conforme informação do Painel de Produtividade administrado pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ.

Os dados apresentados pelo CNJ contemplam as movimentações na área jurisdicional – sentenças, acórdãos, decisões e despachos, realizadas pelos magistrados que atuam na 2ª Instância (Tribunal) e pelos juízes eleitorais que laboram na 1ª Instância (zonas eleitorais) e servidores de ambas as instâncias.

Atualmente, com dados aferidos entre 16.3.20 a 31.5.20, o TRE/GO apresenta os seguintes números dentro do seguimento Justiça Eleitoral: 849 sentenças/acórdãos (6° lugar); 839 decisões judiciais (6° lugar); 1996 despachos judiciais proferidos (7° lugar) e conforme já mencionado, 39.856 atos processuais cumpridos (5° lugar).

De acordo com o Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral, desembargador Luiz Eduardo Sousa, esse resultado demonstra que os magistrados, servidores e colaboradores que atuam na Justiça Eleitoral goiana continuam desempenhando suas atividades com a mesma dedicação, técnica e responsabilidade que marcavam suas atuações no trabalho presencial.

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Últimas notícias postadas

Recentes