Dos 100 mil eleitores que podem ter o título cancelado apenas 2% regularizaram a situação

Prazo para evitar cancelamento do título vai até o dia 06 de maio

tre-pr biometria

Da listagem divulgada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás contendo 100.988 nomes de eleitores sob risco de cancelamento do título eleitoral, apenas 2.538 pessoas regularizaram sua situação. Clique aqui para consultar a listagem dos eleitores (arquivo PDF).

Isso equivale a dizer que apenas 2% dos eleitores procuraram o cartório eleitoral ou posto de atendimento. Os dados obtidos são da Seção de Suporte ao Cadastro Eleitoral do TRE/GO com atualização até a data do dia 9 de abril.

Encontram-se nessa situação os eleitores que não compareceram e nem justificaram ausência em três eleições consecutivas. Para regularizar a situação eleitoral e manter o título, o eleitor precisa se dirigir ao cartório eleitoral ou posto de atendimento para emitir a guia de pagamento da multa, portando os seguintes documentos:

  • documento com foto

  • título de eleitor ou e-Título

  • comprovante de votação (caso o eleitor tenha comparecido às eleições)

  • comprovante de justificativa (caso o eleitor já tenha justificado sua ausência)

Em alguns casos, é possível emitir a guia de pagamento de multa eleitoral pela internet. Clique aqui para acessar. Após pagamento da guia, é necessário voltar ao cartório ou posto de atendimento eleitoral com o comprovante de pagamento, para efetuar baixa no sistema.

De acordo com o Código Eleitoral, aqueles que não regularizarem sua situação estarão impedidos de obter passaporte, se inscrever em concurso público, e até de receber salários, caso sejam servidores públicos, entre outras restrições.

Dúvidas? Ligue 148.

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Últimas notícias postadas

Recentes