Urnas são preparadas para o segundo turno das Eleições

Em Goiás nos municípios de Davinópolis, Divinópolis, Planaltina de Goiás, Serranópolis e Turvelândia a sequência do voto será primeiro para presidente e depois para prefeito. Nos demais municípios a escolha será somente para presidente.

TRE-GO Carga e lacre em Porangatu 2018
Carga e lacre das urnas em Porangatu/GO Foto: Kadu Montenegro

Seguindo o cronograma eleitoral estabelecido previamente, o processo de preparação das urnas que serão utilizadas no segundo turno das eleições finaliza no dia 25 na capital, em Goiânia, e no dia 26 de outubro nas demais zonas eleitorais. No total, serão utilizadas aproximadamente 16 mil urnas em todo o estado, contando também com as urnas de contingência.

O processo de preparação das urnas é dividido em dois momentos. No primeiro, e que iniciou no dia 17 de outubro, é a geração das mídias de resultados, uma espécie de pen drive, que armazenam as informações referentes aos candidatos que concorrerão as vagas de governo e presidência neste segundo turno.

Logo após a consolidação dessas informações nas mídias de resultados, acontece o segundo momento que é a alimentação das urnas eletrônicas iniciada no dia 19 de outubro. A cerimônia de preparação consiste em inserir a mídia de resultados nas urnas para transferência e armazenamento dos dados. Em seguida, as urnas serão lacradas e abertas somente no dia 28 de outubro.

Esse é um processo bem mais simples do que foi executado no primeiro turno, pois envolve apenas a mídia de resultados, o que sinaliza na urna, quais os candidatos que vão concorrer no segundo turno. A cerimônia é pública, representantes de partidos, Ministério Público, OAB e sociedade civil podem participar e assim como no primeiro turno acontece, na capital, no Anexo II do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás localizado na Rua 17-A esquina com 25-A, no Setor Aeroporto. No interior, cada zona eleitoral escolhe e divulga o local para carga e lacre das urnas.

Em Goiás os eleitores vão escolher o futuro presidente da república e em cinco municípios além do presidente haverá a eleição suplementar para prefeito. Então nos municípios de Davinópolis, Divinópolis, Planaltina de Goiás, Serranópolis e Turvelândia a sequência do voto será primeiro para presidente, com dois dígitos, o eleitor deve conferir o nome e a foto do candidato na tela da urna antes de apertar a tecla “Confirma”, depois o voto é para prefeito, também com dois dígitos.

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Com informações do TRE/PA

Últimas notícias postadas

Recentes