Planejamento e gestão

A sistemática de planejamento e gestão do TRE/GO consiste em práticas gerenciais para obtenção de resultados e condutas organizacionais para atendimento das expectativas dos cidadãos em relação aos serviços prestados pela Justiça Eleitoral. Baseia-se inicialmente no planejamento, que mobiliza pessoas e instituição na construção de um futuro desejado, e continua até as boas práticas de gestão, visando integrar as diversas unidades às diretrizes estratégicas do TRE/GO, sensibilizando servidores para obtenção de melhores resultados em seus processos de trabalho.

Resolução CNJ nº 70/2009 [CNJ] estabelece diretrizes para planejamento direcionado aos objetivos comuns da Justiça no Brasil e a Resolução TSE nº 23.371/2011 [TSE] orienta os TREs para elaboração de seus planejamentos estratégicos.

 

 

Anteriores

Planos de logística sustentável
Planos de obras
Planejamentos estratégicos
Relatórios de gestão TCU

Missão

Garantir a legitimidade do processo eleitoral.


Visão de futuro

Ser modelo de excelência na gestão do processo eleitoral, fortalecendo a credibilidade da Justiça Eleitoral.


Valores

  • Comprometimento: Atuar com dedicação, empenho e envolvimento em suas atividades.
  • Ética: Agir com integridade, moralidade, coerência e honestidade para a preservação dos interesses institucionais e dos princípios que regem a Administração Pública.
  • Transparência: Garantia do acesso às informações, ações e decisões institucionais.
  • Inovação e modernidade: Estímulo à criatividade e à busca de soluções diferenciadas.
  • Probidade: Agir de forma reta e honesta não somente de acordo com as normas, como também de acordo com a ética dentro dos princípios de moralidade.
  • Responsabilidade socioambiental: Atuar primando pelo ambientalmente correto, o socialmente justo e o desenvolvimento econômico equilibrado.
  • Integração: Compartilhamento de experiências, conhecimentos e colaboração participativa na Justiça Eleitoral que conduzam à formação de equipes orientadas para resultados comuns.
  • Acessibilidade: Garantir amplo acesso aos serviços da Justiça Eleitoral de Goiás.
  • Celeridade: Atender às demandas em tempo razoável.
  • Imparcialidade: Manter atitude neutra, reta e equitativa; agir de forma imparcial.